Casais com grande diferença de idade driblam o preconceito e se entregam à paixão

Procuro mulher 546725

É uma chance de ressignificar o amor. Poder escolher o que deseja enquanto qualidade de um novo relacionamento talvez seja o maior e melhor presente que a maturidade traz, afirma Danielle da Silva Freire, psicóloga especialista em processos de envelhecimento e demência. Tem quatro filhas, mas naquele momento morava sozinha. Ele tem dois filhos e esteve casado até os 50, quando se separou. Passou 30 anos sem namorar ninguém e morou sozinho a maior parte do tempo, mas na época estava vivendo com a filha e o genro. Segundo Fernanda Zacharewicz, doutora em psicologia social, a sexualidade dos pais sempre foi tabu no contexto familiar. No entanto, é preciso desconstruir a ideia de que a maturidade ou o envelhecimento acaba com o desejo. Ela é professora aposentada, tem três filhos, seis netos e foi casada durante 42 anos.

O importante é se gostar — defende Lidiane Souza Martins, de 35 anos, casada com um homem 34 anos mais velho. Ele, com 52 na época, vinha de um casamento de 20 anos com outra mulher, com quem teve duas filhas e uma neta. A partir daí, nós nos víamos todos os dias, até que o pedi em namoro. Foi exigente, mas tiramos o preconceito de letra, inclusive na família. Fica a convencimento de que nada supera o aplicação — afirma a estudante Késia Ambrósio, de 18 anos, namorada de Renato Lucena, de

Leave a Reply

Your email address will not be published.